segunda, 17 de dezembro de 2018


Sex, 30 de Novembro de 2018 10:51

Começa reunião do G-20 em Buenos Aires; maiores economias estão reprfesentadas

Local da cúpula Local da cúpula


A Cúpula do G20 (grupo que reúne as 20 principais economias do mundo), que ocorre hoje e amanhã em Buenos Aires, mobiliza as autoridades e o esquema de segurança da Argentina há meses. Por pelo menos dois dias – 30 de novembro e 1º de dezembro –, os principais líderes mundiais estarão na capital argentina. No encontro, serão discutidos acordos comerciais e financeiros, além de negociações políticas paralelas.

Além do Brasil, o G20 reúne os seguintes integrantes: África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Canadá, China, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Índia, Indonésia, Itália, Japão, México, Reino Unido, Rússia, Turquia e União Europeia.

Esses países representam 90% do PIB mundial, 80% do comércio internacional e dois terços da população mundial. Eles também são responsáveis pela emissão de 84% dos gases de efeito estufa.

Oficialmente, os principais objetivos do G20 são coordenar políticas entre seus membros para promover o crescimento sustentável e a estabilidade econômica; promover regulação financeira que reduza o risco de futuras crises financeiras e reformar a arquitetura financeira internacional.

Histórico

O Grupo dos 20 foi criado em 1999, em meio à crise econômica mundial do final dos anos 1990, como um foro para a cooperação internacional em temas econômicos e financeiros. Inicialmente reunindo ministros da área econômica e presidentes dos bancos centrais de países com projeção na economia mundial, o encontro buscava diálogo e cooperação.

Em 2008, o então presidente dos Estados Unidos George W. Bush convidou os líderes dos países do grupo para reunião em Washington, inaugurando assim as Cúpulas do G20. A iniciativa foi um esforço para dar resposta a outra crise econômica mundial da época e indicou a necessidade de cooperação internacional mais ampla.

Desde então, o G20 consolidou-se como principal foro anual de encontro de presidentes e primeiros-ministros dos 19 países que o compõem, além da União Europeia.

Reuniões preparatórias

A Cúpula do G20 em Buenos Aires foi antecedida por vários trabalhos preparatórios subdivididos por temas. Foram mais de 80 reuniões de grupos de trabalho que se dividiram nas seguintes áreas: Medidas Anticorrupção, Educação, Emprego, Sustentabilidade Climática e Transições de Energia.

Desde quarta (28), ocorrem reuniões dos representantes dos países para conversas conjuntas. Ontem (29) à noite, os ministros da área econômica participarão de um jantar de trabalho para finalizar as quase 30 reuniões da área, que incluiu encontros preparatórios ao longo do ano em Buenos Aires, Washington e Bali.

O slogan da cúpula deste ano é Construindo um Consenso para um Desenvolvimento Equitativo e Sustentável. O logotipo reflete, a partir de figuras circulares e o uso de uma ampla paleta de cores, diversidade e construção de consenso para lidar com os principais desafios globais. (Da Agência Brasil)




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box