Qua, 09 de Janeiro de 2019 12:33

Imigrantes sim, mas sem pressão externa


O presidente Jair Bolsonaro voltou a defender um endurecimento nas regras para entrada de imigrantes no País. Pelo Twitter, ele afirmou que o governo não vai se recusar a ajudar a quem precisa, mas que vai adotar critérios para dar segurança aos brasileiros e aos estrangeiros que vivem no Brasil.

"Jamais recusaremos ajuda aos que precisam, mas a imigração não pode ser indiscriminada. É necessário critérios, buscando a melhor solução de acordo com a realidade de cada país. Se controlamos quem deixamos entrar em nossas casas, por que faríamos diferente com o nosso Brasil?", escreveu o presidente na rede social. De acordo com ele, o discurso corresponde às bandeiras da campanha eleitoral.

Ontem, o governo brasileiro anunciou saída do Pacto Global para a Migração, da Organização das Nações Unidas (ONU), assinado por Michel Temer em dezembro. Bolsonaro afirma querer administrar a migração no País sem "pressão" externa. "Os brasileiros e os imigrantes que aqui vivem estarão mais seguros com as regras que definiremos por conta própria, sem pressão do exterior", declarou. (Daniel Weterman - Este endereço de e-mail está protegido contra SpamBots. Você precisa ter o JavaScript habilitado para vê-lo. )




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box