Sex, 25 de Janeiro de 2019 10:17

Luiz Antônio Bonat, juiz mais antigo a concorrer à vaga de Moro, deve assumir a Lava Jato no Paraná


Segundo o TRF-4, Bonat, de 64 anos, é o candidato com maior tempo de magistratura e o critério de seleção é o tempo de serviço; escolha oficial ainda não tem data definida.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmou, na manhã desta sexta-feira (25), que Luiz Antônio Bonat é o juiz com maior tempo de magistratura entre os 25 candidatos que se inscreveram para concorrer à vaga de Sérgio Moro e conduzir os processos da Operação Lava Jato, em primeira instância, no Paraná.

O prazo de inscrição e de manifestação de desistência terminou às 23h59 de quinta-feira (24). Segundo o TRF-4, a lista final de candidatos tem 25 concorrentes.

Como é considerado o juiz mais antigo entre os candidatos, Bonat deve ficar com a vaga de juiz federal na 13ª Vara de Curitiba, já que o critério de seleção é o tempo de serviço.

Agora, o nome de Bonat vai ser julgado pelo Conselho de Administração do TRF-4. Apenas depois disso ele deve ser nomeado. Não há um prazo para isso acontecer.

Por enquanto, a juíza Gabriela Hardt continua conduzindo os processos da Lava Jato no Paraná.

O perfil de Bonat

Luiz Antônio Bonat é curitibano e tem 64 anos e atua como juiz federal desde 1993. Segundo o TRF-4, ele já exerceu o cargo na 1ª Vara de Foz do Iguaçu (PR), na 3ª Vara Federal de Curitiba, na 1ª Vara Federal de Criciúma (SC) e, atualmente, trabalha na 21ª Vara Federal de Curitiba, que é especializada em casos da área previdenciária.

Antes de assumir como juiz federal, Bonat atuou na Justiça Federal como servidor, nos cargos de auxiliar e técnico judiciário e, depois, como diretor de Secretaria.

Ele se formou em direito, em 1979, na Faculdade de Direito de Curitiba, e tem especialização em direito público pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box