domingo, 22 de setembro de 2019


Dom, 10 de Fevereiro de 2019 12:03

Justiça deve decidir sobre o momento de mandar Lula para a penitenciária


Ex-presidente pode perder tratamento privilegiado em Curitiba

Quando julgar o recurso da segunda condenação do ex-presidente Lula, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) poderá rever sua prisão em uma sala especial da Polícia Federal, em Curitiba, até por provocação do Ministério Público Federal (MPF). A avaliação é que Lula desfruta de tratamento privilegiado. A questão poderá também ser suscitada pelo novo juiz titular da 13ª Vara Federal, Luiz Antonio Bonat. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Sérgio Moro ordenou o cumprimento da pena em uma sala da PF, por sua condição de ex-presidente, mas não há previsão legal para isso.

O custo de Lula em Curitiba é de R$10 mil ao dia, enquanto o custo médio de um presidiário no Brasil não passa de R$2,7 mil por mês.

As duas sentenças de Lula já somam 25 anos e ainda há sete outros processos que podem totalizar mais de cem anos de prisão.

Defensores de Lula acham que ele tem a “prerrogativa” de cumprir todas as penas na sala especial, como se encontra atualmente.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box