sexta, 22 de novembro de 2019


Qua, 20 de Fevereiro de 2019 13:40

Veja pontos principais da proposta previdenciária


O secretário especial-adjunto de Previdência, Bruno Bianco, detalhou a proposta da reforma da previdência. Em entrevista no Congresso, o secretário da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse que a proposta prevê a redução da alíquota mínima, que será cobrada para quem ganha até 1 salário mínimo, será de 7,5%. Atualmente, quem ganha até R$ 1.751,21 paga 8%.

Ele afirmou também que, entre esta quarta e quinta-feira, o governo vai apresentar uma proposta para endurecer a cobrança de dívidas previdenciárias superiores a R$ 15 milhões. "São 4 mil em todo o Brasil".

Detalhamento

A proposta apresentada, como já adiantado, traz uma idade mínima de aposentadoria de 65 anos para homens e de 62 para mulheres, após 12 anos de transição e o fim da contribuição por tempo de contribuição.

Para as aposentadorias especiais, a idade mínima de 60 anos com 20 de contribuição.

Para os professores,que hoje não tem idade mínima, mas tempode contribuição de 25 anos, para a mulher, e 30 anos, para o homem, a nova regra uniformiza a idade mínima dos dois em 60 anos e 30 anos de contribuição.

Para a aposentadoria rural que é de 55 anos para a mulher e 60 anos para o homem com 15 anos de contribuição passa a ser de 60 anos para homem e mulher, com 20 anos de contribuição para segurados rurais empregados, contribuintes individuais e avulsos.

A reforma abrange trabalhadores do setor privado, que estão no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e servidores públicos. O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, afirmou que a proposta de reforma dos militares será entregue em até 30 dias.

LEIA TAMBÉM




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box