quinta, 14 de novembro de 2019


Sex, 22 de Fevereiro de 2019 18:00

Cida Borghetti busca novos investimentos e parcerias no Japão

Runião na Jica Runião na Jica


Ex-governadora cumpriu missão internacional a convite do governo japonês com agendas econômicas, sociais e políticas nas cidades de Tóquio, Quioto, Kobe, Nishinomiya, Osaka, Kakogawa e Himeji.

A centenária relação entre o Paraná e o Japão está fortalecida e renderá novas parcerias. A afirmação é da ex-governadora Cida Borghetti que retornou ao Estado na última sexta-feira depois de cumprir 10 dias de missão internacional a convite do governo japonês.

"Retorno ao Paraná com sugestões de projetos para novas parcerias, principalmente nas áreas de saúde e tecnologia. O governo do Japão e os empresários japoneses têm interesse em continuar investindo no Estado, nas cidades paranaenses e em criar novas frentes de intercâmbio", destacou Cida que é também a embaixadora da Organização Mundial da Família (OMF).

 Todos os anos o Governo do Japão identifica uma liderança na América do Sul e a convida para visitar o país e participar de uma série de reuniões. Em 2018, a convidada foi a ex-governadora do Paraná, Cida Borghetti que cumpriu agendas econômicas, sociais e políticas nas cidades de Tóquio, Quioto, Kobe, Nishinomiya, Osaka, Kakogawa e Himeji.

 "Identificamos na ex-governadora Cida Borghetti um potencial natural de liderança, por isso o convite exclusivo a ela", afirmou o vice-diretor do Ministério das Relações Exteriores do Japão, Rei Oiwa.

 OPORTUNIDADES - Cida Borghetti explica que foram apresentadas diversas oportunidades de parcerias e negócios para os setores público e privado do Paraná. A ex-governadora diz que irá auxiliar na organização de encontros com investidores e autoridades das duas nacionalidades.

 "Uma dessas oportunidades é aproveitar o expertise do corpo técnico e administrativo do Hospital Público de Hyogo para Crianças. Trazer a metodologia deles a uma instituição paranaense", exemplifica.

 Cida também conheceu os estudos para implantar uma nova planta da Sysmex no Brasil. A multinacional com sede no Japão possui uma unidade em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, há quase duas décadas e planeja aumentar sua participação no mercado brasileiro. A empresa é líder mundial em automatização de processos analíticos usados em laboratórios de análises clínicas.

 "É um grande projeto que pode trazer benefícios ao Paraná com investimentos em tecnologia e pesquisa", afirma Cida.

                               Cida recebeu a Chave de Hyogo,

                               a maior homenagem da província

                               um visitante

 HOMENAGEM - Em Hyogo, Cida Borghetti recebeu a Chave da província, a mais alta honraria concedida a um visitante. O Paraná é estado-irmão da província há cerca de 50 anos e pela primeira vez um governante ou ex-governante paranaense recebe a homenagem.

 "A ex-governadora se mostrou uma grande incentivadora da irmandade entre Hyogo e o Paraná. A homenagem é justa pela sua sensibilidade e determinação", disse o governador da província Toshizo Ido.

 O governador de Hyogo destacou também a articulação de Cida para a ampliação da planta da Sumitomo, em Fazenda Rio Grande. O protocolo de intenções para modernização e ampliação da fabrica que produz pneus na Região Metropolitana de Curitiba foi assinado recentemente, e prevê investimentos de R$ 153 milhões com a geração de mais 1.000 postos de trabalho.

 Cida e Ido também conversaram sobre eventos de comemoração dos 50 anos da irmandade que serão completados em 2020. O evento contou com a participação do cônsul do Japão em Curitiba, Hajime Kimura.

 CIDADES IRMÃS - Em Kakogawa, a ex-governadora se reuniu com o prefeito, Yasuhiro Okada, e visitou um centro de educação infantil para crianças até seis anos e um espaço de lazer destinado à população. A cidade é irmã de Maringá desde a década de 70. O convênio de irmandade foi assinado pelo então prefeito, Silvio Barros.

                                  Japão convida uma autoridade

                                   por ano da América do Sul.

                                   Em 2018, foi Cida Borghetti

 A ex-governadora também esteve com o prefeito de Nishinomiya, Toshiro Ishii. A cidade é irmã de Londrina desde 1977. "Boas reuniões para consolidar essas relações que trazem muitos benefícios para as duas cidades", destacou Cida Borghetti.

 TECNOLOGIA – Em Tóquio, a ex-governadora Cida Borghetti visitou as instalações da Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) e da Mitsubishi Eletric. "Conheci tecnologias eficientes para geração de energia de fontes renováveis como solar e de biogás. Processo de inovação que podem ser replicados no Paraná", avalia Cida Borghetti.

 Em maio do ano passado, a ex-governadora assinou a adesão do Paraná ao convênio ICMS 16/15 do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) que garante benefícios aos microgeradores de energia do Estado. Isso permitiu ao Paraná isentar de ICMS o fornecimento de energia elétrica produzida por mini e microgeração. Uma demanda antiga do setor produtivo, que está estimulando investimentos em projetos de energia solar, eólica, hídrica e de biomassa.

 A ex-governadora também incluiu a adoção de placas de energia solar nos projetos de casas populares da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar) e assinou a lei que institui a Política Estadual do Biogás e Biometano no Paraná.

 RADAR- Durante reunião na Agência de Cooperação Internacional do Japão (JICA) foram reforçadas as parcerias entre o Paraná e a empresa Japan Radio Company (JRC) que cedeu o radar meteorológico de alta precisão Banda X.

 O radar entrou em total funcionamento em junho do ano passado, a então governadora Cida Borghetti recebeu o certificado de uso do equipamento e autorizou a instalação no prédio do Simepar para monitoramento de Curitiba e Região Metropolitana. O equipamento de última geração, pioneiro no Brasil, é resultado de uma parceria entre o Estado e a Agência de Cooperação Internacional do Japão (Jica), firmada em 2016.

 AGENDA- Nos próximos dias, a ex-governadora Cida Borghetti deve se  reunir com representantes do corpo consular do Paraná para apresentação das propostas e definição de uma agenda. Depois inicia uma série de encontros regionais e a pedido do consulado do Japão fará palestras sobre as agendas da missão nas cidades de Maringá, Londrina, Curitiba e Assaí, municípios com maior concentração da comunidade japonesa. (Assessoria de Imprensa do PP/Fotos: Divulgação)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box