terça, 17 de setembro de 2019


Sáb, 23 de Março de 2019 18:16

Beto leva mais um rotundo não da implacável justureba


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou, na tarde deste sábado (23), o pedido de habeas corpus do ex-governador Beto Richa (PSDB). O tucano está preso no Complexo Médico Penal, em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

Richa foi preso pela terceira vez, na última terça-feira (19). A prisão se deu em razão da  Operação Quadro Negro, que apura o desvio de mais de R$ 20 milhões de obras de escolas públicas do estado. Segundo o Ministério Público, as fraudes foram cometidas em aditivos de obras fechados com a Construtora Valor, autorizados pela administração pública.

A prisão foi baseada, segundo o Ministério Público do Paraná, em dois riscos à investigação: coação de Mauricio Fanini, ex-diretor da Secretaria de Educação do Paraná, para não falar o que sabe do esquema de desvio de recursos de obras em escolas, além do prejuízo de cerca de R$ 20 milhões ainda não ressarcido aos cofres públicos.

Na quinta-feira (21), foi o Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) que negou a liberdade ao ex-governador. Na decisão, inclusive, juiz Mauro Bley Pereira Junior informou que manteve contato com a direção do Complexo Médico Penal e foi informado que o ex-governador “se encontra separado dos demais presos, que o local onde o paciente está detido possui condições adequadas de higiene”, recebendo alimentação e visitas regularmente, tendo todos os direitos constitucionais respeitados.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box