Qua, 22 de Maio de 2019 09:59

Justiça nega pedido de comutação de pena de Battisti, segundo jornais da Itália

Colega do Lula... Colega do Lula...


Defesa de Cesare Battisti havia pedido para trocar a sentença de prisão perpétua.

A Justiça italiana confirmou a sentença definitiva de prisão perpétua para Cesare Battisti pelo homicídio de quatro pessoas na década de 1970, segundo o "Corriere Della Sera" e outros jornais da Itália.

A defesa do italiano havia pedido para trocar a sentença para 30 anos, mas não foi contemplada. Depois de quatro anos de detenção, ele poderá começar a protocolar benefícios de cumprimento de pena.

Battisti foi preso na Bolívia em janeiro deste ano e extraditado para a Itália, depois de 37 anos em que ele conseguiu evitar a polícia –parte deles, no Brasil.

Ele chegou ao país em 2004, e viveu aqui durante 14 anos como refugiado. Era considerado foragido desde 14 de dezembro de 2018, quando o então presidente Michel Temer assinou decreto de extradição. Battisti, então, teve o nome incluído na lista da Interpol



Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box