Seg, 27 de Maio de 2019 12:49

Aberto da China é mais um desafio para Calderano e quatro brasileiros no Circuito Mundial

Thiago Monteiro, da equipe brasileira (Foto: Abelardo Mendes Jr/Rede do Esporte) Thiago Monteiro, da equipe brasileira (Foto: Abelardo Mendes Jr/Rede do Esporte)


Competição é a primeira platinum após a disputa do Mundial e terá boa parte dos principais jogadores da atualidade

Não há tempo para descanso. Na manhã desta terça-feira (28), noite de segunda no horário brasileiro, começa a disputa do Aberto da China, competição platinum do Circuito Mundial de Tênis de Mesa, equivalente ao Grand Slam do Tênis. Além de Hugo Calderano, número 8 do ranking mundial, o Brasil terá outros quatro brasileiros em ação: Bruna Takahashi, Lin Gui, Thiago Monteiro e Vitor Ishiy.

E realmente não será nada fácil a vida de todos, inclusive de Calderano. O brasileiro, que foi campeão alemão no último fim de semana, é apenas o sétimo cabeça de chave, tendo de medir forças com alguns dos principais craques do tênis de mesa mundial, como os chineses Fan Zhendong (número 1 do ranking mundial) e Ma Long (tricampeão mundial e campeão olímpico), ambos atuando em casa.

Para os demais brasileiros, o objetivo é surpreender. E um deles já fez isso na última competição platinum do Circuito, no Catar: Thiago Monteiro. Na ocasião, o experiente atleta iniciou na fase preliminar 1, venceu vários desafios e só parou na fase de 32, já na chave principal.

"Sim, eu gosto de jogar os torneios grandes. É o que me motiva a continuar jogando. Por se tratar de um nível muito alto eu não penso muito lá na frente, vou jogo a jogo", despista, cheio de vontade de aprontar mais uma vez.

Aos 37 anos, Thiago Monteiro revelou ter feito uma boa preparação no início da temporada europeia, que vai chegando ao fim. Assim, conseguiu ter bom desempenho em algumas competições do Circuito, no Campeonato Pan-Americano e até no Mundial.

"Chego feliz e motivado. Treinei bem, mas já estou feliz de estar aqui novamente. Sempre é um prazer jogar na China e na Ásia de maneira geral", avisa o cearense.

Vitor Ishiy será o primeiro a estrear em Shenzen, na fase preliminar 1, contra o sul-coreano Kang Dongsoo, nesta segunda-feira, às 22h (horário de Brasília). Pouco depois, às 23h30, Lin Gui enfrenta a taiwanesa Chen Ying-Chen. Thiago Monteiro estreia na terça, às 6h, contra o turco Ibrahim Gunduz, na fase preliminar 2. Bruna Takahashi ainda não tem adversário nem horário de sua estreia pela fase preliminar 2 do feminino. Calderano só inicia sua participação na quinta-feira.

Nas duplas mistas, Vitor e Bruna Takahashi iniciam a participação na terça, às 22h, contra os romenos Ovidiu Ionescu e Bernadette Szocs. Nas duplas femininas, Bruna e Lin Gui enfrentam as austríacas Yui Hamamoto e Sofia Polcanova, na quarta-feira, às 6h40.(Imprensa CBTM)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box