Sex, 31 de Maio de 2019 18:39

Versão apimentada do Volkswagen Jetta, a GLI, chega em junho as lojas da marca

(Foto: Divulgação) (Foto: Divulgação)


Ainda sem preço definido, o sedã contará com motor 2.0 de 230cv

Na semana que vem, a Volkswagen irá apresentar oficialmente o Jetta GLI, versão mais apimentada do sedã alemão feito no México e importado para o Brasil. O três volumes será equipado com motor 2.0 turbo de 230 cavalos, o mesmo do Golf GTI.

Por enquanto, a Volks ainda não informou os preços da versão, que esperamos que não passe dos R$ 150 mil, ela divulgou informações do modelo, como a origem do nome e o zero a 100km/h, que deixa o modelo como o sedã mais rápido da marca no Brasil. Confira dez fatos sobre o novo veículo da alemã.

1º – Ofensivas de lançamentos

 

O GLI reforça a investida de sedãs da Volkswagen no mercado brasileiro, iniciada com o Virtus, depois o Voyage com câmbio automático e o Novo Jetta. Ele faz parte da lista de 20 lançamentos previstos até 2020 pela marca no Brasil.

2º – O primeiro do seu nome

Essa será a primeira vez que a nomenclatura GLI é usada no Brasil. Ela nasceu nos anos 1980, nos Estados Unidos, como parte da estratégia de esportivos da marca no mundo e se refere aos modelos de topo de gama, trazendo todo o apelo dos modelos GTI aos sedãs. Daí a origem do nome Gran Luxury Injection (GLI).

3º – Ode aos saudosistas

Quem tem mais de 30 anos, com certeza já ouviu falar nas siglas GT ou GTS, utilizadas nos esportivos da Volks no fim da década de 1980 e início da de 1990. O GLI vem para ser a reconexão da montadora com o consumidor brasileiro que sempre sonhou em ter um esportivo da marca.

4º – O sedã mais rápido

 

Assim que lançado, o Jetta GLI será o sedã mais rápido da Volks. Ele gasta, da imobilidade até os 100km/h, apenas 6,8s. A velocidade máxima é de 250 km/h. Tudo graças aos 230 cavalos “geridos” pela transmissão automatizada de dupla embreagem DSG de seis marchas.

5º – Visual próprio

Ao contrário da versão antiga do Jetta com o motor 2.0, a GLI terá diferenças no visual. Para-choques dianteiro e traseiro, grade com elementos em formato de colmeia, friso horizontal vermelho conectando os faróis (que são Full LED), difusor e aerofólio na tampa do porta-malas são exclusivos da versão.

6º – Recheado

Painel digital, shift paddles, bancos de couro (os dianteiros contam com regulagem elétrica e sistema de aquecimento — o do motorista tem três posições de memória) e iluminação ambiente ajustável são de série. Até as três primeiras revisões fazem parte da lista. Sim, estarão inclusas no valor do modelo.

7º – Conectado

 

Ele virá com o “Discover Media”, a central multimídia da Volks de tela de oito polegadas, que permite conectividade avançada com smartphones via Android Auto, Apple CarPlay ou Mirrorlink e oferece navegação integrada.

8º – Digital

O GLI traz o “manual cognitivo” — que usa o IBM Watson para responder aos motoristas questões sobre o veículo, incluindo informações contidas no manual do carro. Essa solução permite uma experiência tecnológica de interagir com o sedã.

9º – Sobe o som!

Outro item de série é o sistema de som da grife Beats, com 300 watts e amplificador digital de oito canais. O som de alta fidelidade é fornecido por quatro alto-falantes, dois tweeters e um subwoofer com ajustes especiais.

10º – Segurança reconhecida

 

O Jetta atingiu a nota máxima de segurança em testes realizados pelo National Highway Traffic Safety Administration — NHTSA (órgão de segurança nos Estados Unidos). O GLI contará com piloto automático adaptativo, sistema de frenagem pós-colisão, função de frenagem de manobra, regulagem automática do farol alto, seis airbags e Isofix. (Fonte: Divulgação)

Voltar ao Topo