domingo, 8 de dezembro de 2019


Sáb, 13 de Julho de 2019 14:22

Servidores estaduais suspendem greve no Paraná

Jogaram a toalha... Jogaram a toalha...


Professores estavam em greve desde 25 de junho e decidiram suspender a paralisação após proposta do governo; uma nova assembleia foi marcada para o dia 10 de agosto.

Parte dos servidores estaduais do Paraná decidiu, neste sábado (13), suspender a greve que começou no dia 25 de junho. Na sexta-feira (12), o governo apresentou uma nova proposta de reajuste à categoria.

Professores e funcionários de escolas estaduais receberam a proposta do governo na tarde de sexta-feira. Na manhã deste sábado, eles se reuniram em assembleia, em frente ao Palácio Iguaçu, e definiram pela suspensão da greve.

Segundo a APP Sindicato, a nova proposta não agradou a categoria, "porém, a avaliação da maioria dos presentes foi de suspensão do movimento e continuidade das mobilizações para que as propostas sejam efetivadas e, ainda, solicitar ao governo avanço em alguns pontos".

Uma nova assembleia para tratar do assunto foi marcada pelos servidores para o dia 10 de agosto.

A proposta enviada pelo governo prevê pagamento de 5,08% de reajuste, de forma parcelada. A primeira parcela, conforme a proposta aceita pela categoria, é de 2%, com pagamento em janeiro de 2020.

As outras duas parcelas propostas são de 1,5%, com pagamentos em janeiro de 2021 e janeiro de 2022, entretanto, sob a condição de só serem pagas se a receita líquida do estado crescer ao menos 6,5%.

Os servidores informaram que retornam as atividades a partir de segunda-feira (15) e que vão debater com a Secretaria de Educação do Paraná (Seed) um calendário de reposição dos dias parados. Na negociação, conforme os servidores, o governo estadual informou que não haverá desconto nos salários. (Do G1/PR)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box