segunda, 14 de outubro de 2019


Ter, 23 de Julho de 2019 17:56

Justiça determina exoneração de diretor dos portos que trabalhou para Ratinho

Proibido nomear amigo? Inimigo, pode? Proibido nomear amigo? Inimigo, pode?


A Justiça determinou a exoneração do diretor financeiro da administração dos portos de Paranaguá e Antonina, no litoral do Paraná, Luiz Fernando Gaspari de Oliveira Lima.

A decisão é desta segunda-feira (22) e foi proferida pelo juiz Rafael Kramer Braga.

Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), Lima atuou na campanha eleitoral do governador Ratinho Junior (PSD) e feriu a lei estadual que determina que pessoas que atuam em campanhas não possam assumir cargos como o de diretoria de estatal nos próximos 36 meses.

Lima foi indicado ao cargo pelo próprio governador.

Para o juiz Braga, Luiz Fernando descumpriu a lei das estatais e agiu de má fé porque assinou um documento no ato da contratação dizendo que estava ciente da legislação.

Na decisão, o juiz determinou a suspensão dos efeitos da nomeação do diretor, afastando-o do cargo e a indisponibilidade dos bens dele em até R$ 181.495, o que equivale aos salários recebidos por ele nos últimos meses.

O juiz também deu um prazo de até 30 dias para contestar a ação.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box