segunda, 9 de dezembro de 2019


Qua, 24 de Julho de 2019 13:08

Boris Johnson se torna primeiro-ministro e diz que sairá da União Europeia dia 31 de outubro


Ele foi escolhido como líder do Partido Conservador, e a rainha Elizabeth II o convidou para formar um gabinete.

O líder do Partido Conservador britânico, Boris Johnson, fez seu primeiro discurso como primeiro-ministro do Reino Unido em frente à sede do governo, em Londres.

"Fui convidado pela rainha a formar um governo e eu aceito", disse, no início de sua mensagem.

O novo líder do Reino Unido falou sobre a saída da União Europeia (UE).

"Depois de três anos de indecisão em que o país foi prisioneiro dos antigos argumentos de 2016, estou aqui, na frente de vocês para dizer que os críticos estão errados. Vamos sair da União Europeia no dia 31 de outubro e faremos um novo acordo, e faremos uma parceria nova com o resto da Europa, baseada em comércio livre e confiança", disse ele.

Os ingleses, de acordo com Johnson, não aguentam mais esperar a saída da UE depois de três anos desde que o país decidiu, por um referendo, que sairia do bloco econômico. "Nenhum 'talvez', nenhum 'mas', estaremos fora no dia 31 de outubro", afirmou.

"O Brexit foi uma decisão do povo inglês", afirmou.

Ele disse também que não quer sair da UE sem um acordo, mas que o Reino Unido precisará se preparar para isso.

Um pacote econômico, com incentivos, será feito para o caso de um Brexit "duro" (ou seja, sem condições de saída paulatina e negociada), de acordo com o primeiro-ministro.

"É vital que nos preparemos para a possibilidade remota de que Bruxelas se negue, se formos forçados a sair sem acordo, não porque queremos, mas é bom senso se preparar para isso."




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box