domingo, 25 de agosto de 2019


Ter, 13 de Agosto de 2019 11:55

Deputado do DF que participou de CPI pede a extinção do Ecad: ‘É podre’


Petista Chico Vigilante (DF) vê entidade como "órgão mais corrupto que existe"

Um deputado do PT apoiaria integralmente a provável decisão do presidente Jair Bolsonaro de abrir a “caixa preta” do Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição): Chico Vigilante, do DF. Ele integrou a CPI do Ecad, quando deputado federal. “É o órgão mais corrupto que existe”, disse ele nesta segunda (12) em Brasília, sem meias-palavras, em declaração gravada. E chegou a defender a extinção do escritório. “O Ecad é podre”, afirmou o deputado petista. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Chico Vigilante não acredita que algo tenha mudado: na CPI, músicos como Tim Maia acusaram o “escritório” de nada repassar aos músicos.

“Os artistas odiavam o Ecad”, recorda o ainda indignado Chico Vigilante, deputado distrital em Brasília por vários mandatos.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box