terça, 17 de setembro de 2019


Dom, 08 de Setembro de 2019 13:19

Bolsonaro é operado em São Paulo para correção de hérnia; cirurgia durou 5 horas


Operação no Hospital Vila Nova Star foi feita porque hérnia surgiu no local das intervenções anteriores. Bolsonaro deve ficar dez dias afastado da Presidência.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi operado neste domingo (8) no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, para corrigir uma hérnia (saliência de tecido) surgida no local das intervenções anteriores. Esta é a quarta cirurgia à qual Bolsonaro se submete desde a facada sofrida por ele durante a campanha eleitoral de 2018.

A cirurgia, que durou quase cinco horas, foi comandada pelo médico Antônio Luiz Macedo, que atendeu o presidente após o atentado ocorrido há quase um ano. Macedo chegou ao hospital às 6h45 deste domingo. De acordo com a assessoria da Presidência, a cirurgia começou às 7h35 e terminou às 12h40. A previsão inicial dos médicos era de três horas de cirurgia.

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL), e o senador Flávio Bolsonaro (PSL), filhos do presidente, também chegaram ao hospital pela manhã. O presidente é acompanhado ainda pela primeira-dama Michelle e do outro filho, Carlos Bolsonaro.

Na noite deste sábado (7), Bolsonaro passou por uma tomografia e se submeteu a um jejum de oito horas.

Segundo o médico, Bolsonaro deve ficar dez dias afastado. Ele deverá usar uma cinta abdominal para ajudar na cicatrização.

Antes da cirurgia, o hospital informou que o médico elogiou a saúde de Bolsonaro, e acrescentou que a hérnia incisional estava localizada na parede abdominal, perto da cicatriz da facada, do lado direito, onde foram realizadas três laparotomias (aberturas na barriga).(g1)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box