terça, 17 de setembro de 2019


Ter, 10 de Setembro de 2019 10:10

ONU faz novas denúncias de execuções extrajudiciais e torturas na Venezuela

Bachelet e Maduro Bachelet e Maduro


Michelle Bachelet diz que a ONU identificou 57 novos casos de supostas execuções cometidas

A alta comissária das Nações Unidas (ONU) para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, denunciou na segunda-feira (9) novos casos de possíveis execuções extrajudiciais, assim como "torturas e maus-tratos" de detentos na Venezuela.

Em um discurso na 42ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU em Genebra, Bachelet apresentou um novo relatório muito duro sobre a situação na Venezuela sob o governo do presidente Nicolás Maduro.

"Meu escritório continuou documentando casos de possíveis execuções extrajudiciais cometidas por membros das Forças de Ação Especiais da Polícia Nacional - conhecidas como Faes - em alguns bairros do país", afirmou.

"Apenas no mês de julho, a organização não governamental 'Monitor de Vítimas' identificou 57 novos casos de supostas execuções cometidas por membros da Faes em Caracas", disse a ex-presidente chilena. (G1)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box