quinta, 17 de outubro de 2019


Sáb, 28 de Setembro de 2019 12:43

Petraglia é operado com sucesso em São Paulo e segue sem previsão de alta


Médico responsável confirmou nova cirurgia no intestino e não deu uma previsão de alta

O procedimento cirúrgico realizado no presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, Márcio Celso Petraglia, na noite desta sexta-feira (27), no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, foi um sucesso. A cirurgia foi realizada pelo médico Dr. Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, o mesmo responsável por operar o presidente Jair Bolsonaro, que confirmou o bom desfecho da intervenção para a correção de uma fístula intestinal pós-operatória no dirigente.

“A cirurgia foi realizada para a limpeza da região e controlar os problemas intestinais que ele desenvolveu depois da primeira cirurgia. Transcorreu muito bem, sem nenhum problema para a saúde dele. Fizemos um curativo especial, extremamente complexo, para que isso possa ser rapidamente revertido. Acreditamos que terá boa evolução”, afirmou em entrevista à Banda B.

O médico explicou a realização do procedimento, que foi necessário por conta de um rasgo no intestino originado por algum esforço. “O motivo desta nova cirurgia foi que o intestino teve um rompimento, provavelmente por algum esforço que ele fez, que rompeu o intestino e passou a secretar o suco entérico, que começou a causar graves problemas na parede [intestinal], o que necessitou a abordagem cirúrgica com limpeza e curativos especiais”, disse.

Este foi o terceiro procedimento cirúrgico em uma semana. Mário Celso Petraglia foi internado na terça-feira (17), para a realização de uma cirurgia de “desobstrução de aderências”, no Hospital Nossa Senhora das Graças, em Curitiba. A segunda intervenção aconteceu no sábado (21), após um exame constatar “aderência/’dobra’ da alça intestinal”, em termos médicos. Nesta sexta-feira, o dirigente foi transferido para São Paulo com emergência para uma nova operação.

Mesmo com o sucesso da cirurgia, o médico Antonio Luiz Vasconcellos de Macedo não revelou um tempo estimado para a alta do presidente rubro-negro. “Primeiro vamos esperar que fique completamente curado. Vamos ter uma série de cuidados com ele, quando pudermos fazer o fechamento completo da região, aí podemos pensar em alta do hospital. Mas isso vai demorar um pouco ainda, pois havia muita infecção no local, que foi toda retirada. Vamos fazer curativos de 48h, 72h, até que esteja tudo bem e o intestino seja normalizado e colocado dentro do abdômen”, disse.

Como o procedimento cirúrgico para limpar a infecção foi complexo, Petraglia terá que passar por nova intervenção cirúrgica nos próximos dias até que a situação no local normalize. “Ele vai ter que fazer uma outra cirurgia no domingo, para fazer uma nova limpeza e trocar esse curativo todo. Vamos fazer isso durante algum tempo, até que haja condições de abrir tudo, costurar o intestino e ele possa voltar para casa”, explicou o médico.

Quadro estável e sem riscos

Antonio Luiz de Vasconcellos ainda garantiu que o quadro do dirigente é estável e fora de risco. “Ele está muito bem, a pressão está boa. Não teve problema algum. Ele vinha muito bem cuidado em Curitiba, com uma equipe muito boa. Ele está bem equilibrado, sem nenhum risco”, finalizou.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box