sábado, 16 de novembro de 2019


Qui, 03 de Outubro de 2019 22:33

MP acusa ex-deputado Rossoni de causar prejuízo de mais de R$ 20 milhões na contratação de funcionários fantasmas


Promotora pediu bloqueio de bens de R$ 119 milhões do político e de uma funcionária acusada de ser a operadora do suposto esquema, entre 1992 e 2010.

O ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa do Paraná Valdir Rossoni (PSDB) foi acusado pelo Ministério Público do Paraná (MP-PR) de causar prejuízo de mais de R$ 20 milhões aos cofres públicos em um suposto esquema de contratação de oito funcionários fantasmas, entre 1992 e 2010.

Na ação de improbidade administrativa, a promotora Danielle Thomé afirma que o ex-deputado desviou salários de funcionários comissionados do gabinete dele e da liderança do governo, "sendo que eles nunca exerceram qualquer função".

Conforme o MP-PR, havia funcionários que sequer sabiam que os nomes tinham sido usados no suposto esquema de desvio de dinheiro público. A promotora afirma que o ex-deputado e uma servidora fizeram as contratações.

Edine de Lourdes Ramon Vianna, então funcionária de Rossini e que atualmente trabalha na presidência da Alep, foi acusada de ser a operadora do esquema. Segundo o MP-PR, ela viabilizou a nomeação de familiares para assessoria parlamentar de Rossoni sem que eles exercessem os cargos.

O MP-PR afirma que Rossoni enriqueceu e permitiu que Edine enriquecesse ilicitamente ao se apropriarem dos salários dos funcionários. Por isso, houve um pedido de bloqueio de bens no valor de R$ 119 milhões para cada um.

De acordo com o MP-PR, a investigação demorou para ser concluída porque, como presidente da Alep, Rossoni tinha foro privilegiado e só podia ser investigação pela Procuradoria-Geral do Estado. Além disso, segundo a promotoria, foi preciso ouvir muitas pessoas ao longo da investigação.

Rossoni foi deputado estadual, líder do governo e presidente da Alep entre 2011 e 2014. Em 2015, ele assumiu o cargo de deputado federal e foi chefe da Casa Civil no governo Beto Richa. O político tentou a reeleição para deputado federal, mas não conseguiu.(Do G1 Paraná)




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box