segunda, 11 de novembro de 2019


Dom, 20 de Outubro de 2019 12:11

Governadores do Nordeste pouco falam ou fazem sobre o desastre nas praias


Lula-dependentes eleitoralmente, parecem ter medo de que o ditador Maduro tenha culpa

 É vergonhoso o silêncio dos governadores nordestinos em relação ao desastre ambiental que emporcalha de petróleo quase duas centenas de praias na região. Eles mal conseguem balbuciar lamentações pela sujeira. Quase todos lula-dependentes sob o ponto de vista eleitoral, parecem com medo de eventual prova de que o ditador venezuelano Nicolás Maduro, aliado de Lula, tenha alguma coisa a ver com isso. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os governadores parecem aguardar um pretexto para culpar o governo federal. O silêncio é sinal de negligência com os próprios cidadãos.

Críticos apressados das “queimadas”, o francês Emmanuel Macron e o Papa Francisco fazem ouvidos moucos sobre o petróleo derramado.

Após temporada no exterior, o governador baiano Rui Costa (PT) põe a culpa em outro lugar: “É inadmissível o silêncio do governo federal”.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box