segunda, 11 de novembro de 2019


Sex, 25 de Outubro de 2019 12:07

MAIS ESSA NA CONTA... Marcos Valério aponta Lula como mandante do assassinato de Celso Daniel

Daniel, vítima do próprio PT Daniel, vítima do próprio PT


Em depoimento ao Ministério Público de São Paulo, obtido pela revista Veja, o publicitário Marcos Valério contou que Professor Luizinho “lhe confidenciou que Celso Daniel topou pagar com recursos da prefeitura a caravana de Lula pelo país, antes da eleição presidencial de 2002, mas não teria concordado em entregar a administração à ação de quadrilhas e àqueles que visavam ao enriquecimento pessoal”.

Ele disse também que, depois de pagar a chantagem de Ronan Maria Pinto, conversou sobre o assunto com o próprio Lula.

Por ter sido sequestrado antes de ser morto, a Polícia Civil sempre tratou o caso de Celso Daniel como um crime sem motivação política. No entanto, Marcos Valério surgiu agora para contar outra versão.

Diz a reportagem: “O promotor Roberto Wider quis saber de Valério se ele conversou com Lula sobre esse episódio. O empresário disse que sim. ‘Eu virei para o presidente e falei assim: Resolvi, presidente. Ele falou assim: Ótimo, graças a Deus’.

Mas não foi apenas isso. Valério contou ao promotor que Ronan Maria Pinto, quando exigiu dinheiro para ficar calado, declarou que não ia ‘pagar o pato’ sozinho e que iria citar o presidente Lula como ‘mandante da morte’ do prefeito de Santo André. Nas palavras de Valério, Ronan ia ‘apontá-lo como cabeça da morte de Celso Daniel’”.

O assassinato do ex-prefeito da cidade de São Paulo é alvo de inúmeras teorias. Enquanto a polícia acredita se tratar de um crime comum, o Ministério Público suspeita de motivação política, em razão das evidências de que havia esquema de propina em Santo André.

Caso o depoimento de Marcos Valério seja verídico, de acordo com publicação da Veja, a morte do prefeito teria o objetivo de esconder que a prefeitura funcionava como uma ferramenta do PT para financiar campanhas políticas e propinas. O novo depoimento, embora não traga uma prova concreta, colocou, novamente, holofotes sobre o caso.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box