domingo, 26 de janeiro de 2020


Qui, 05 de Dezembro de 2019 18:59

No modelo do ‘Uber Juntos’, Prefeitura lança táxis compartilhados em Curitiba


Ferramenta foi adicionada ao Urbs Táxi Curitiba, aplicativo que foi disponibilizado aos usuários na última semana

No mesmo modelo do ‘Uber Juntos’, que traça rotas de transporte compartilhado, a Prefeitura de Curitiba lançou nesta sexta-feira (5) ferramenta que permite aos táxis fazer o deslocamento de mais pessoas por meio de aplicativo. Chamada de ‘táxi coletivo’, a ferramenta foi adicionada ao Urbs Táxi Curitiba, aplicativo que foi disponibilizado aos usuários na última semana.

De acordo com o gestor da área de táxi e transporte comercial da Urbs, Alessandro Cesar de Souza Alves, a ferramenta permite unir a necessidade do público ao serviço de qualidade dos táxis. “O aplicativo nos traz uma matriz matemática, que vai traçar o ponto onde aconteceu embarcou e onde ocorreu o desembarque, então o passageiro vai pagar um valor dividido e exatamente proporcional ao tempo de deslocamento. Isso vai facilitar bastante em grandes eventos, como saídas de shows na Pedreira Paulo Leminski”, explicou.

Além desta, o decreto assinado pelo prefeito Rafael Greca prevê mais uma modalidade de transporte por táxis, a lotação. Com ela, a origem e o destino de cada passageiro transportado obedecerá rota autorizada pela Urbs, que pode até mesmo ser uma rota de ônibus. Segundo a prefeitura, a modalidade será ofertada em situações extraordinárias – como greve no sistema de transporte da cidade ou um grande evento.

Para usar o aplicativo, o condutor se cadastra espontaneamente e, se autorizado pela Urbs, pode explorar o modal ofertando o serviço em linhas predeterminadas.

O decreto proíbe o taxista de fazer abordagens para angariar passageiros em pontos do transporte coletivo, ainda que existam filas, independente de datas, horários ou tabelas que os ônibus estejam cumprindo. A fiscalização ficará a cargo da Urbs.

O veículo autorizado deverá exibir de forma visível, no para-brisa dianteiro do veículo, o selo que comprova o cadastro na Urbs para execução do serviço, que terá validade diária. Os valores por passageiro serão estabelecidos pela Urbs e o taxímetro deve permanecer desligado. O embarque pode ser no ponto inicial ou no transcorrer do roteiro.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box