quarta, 22 de janeiro de 2020


Qua, 11 de Dezembro de 2019 13:08

Bolsonaro diz que Crivella pediu recursos federais para pagar servidores do Rio

Pires na mão: pastor gosta disso Pires na mão: pastor gosta disso


Presidente e o prefeito do Rio se reuniram em Brasília. Saúde no município vive crise com salários atrasados de servidores e falta de atendimento à população.

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (11) que o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), pediu verba federal para ajudar a pagar o 13° salário dos servidores.

A Prefeitura do Rio vive uma crise na saúde por conta da falta de pagamento aos funcionários da área. Cerca de 22 mil profissionais das organizações sociais que administram as unidades de atendimento estão com os salários atrasados desde outubro.

Bolsonaro e Crivella se reuniram na terça-feira (10), em Brasília. De acordo com o presidente, o Rio está com a "corda no pescoço" e Crivella quer ajuda para pagar o 13º salário dos servidores.

"Está com a corda no pescoço, como um montão de prefeitos, governadores. Está buscando recursos para pagar o 13º. Se por possível e legal da nossa parte, nós vamos atendê-lo", afirmou o presidente a jornalistas na porta da residência oficial do Palácio da Alvorada.

Ainda de acordo com Bolsonaro, Crivella busca recursos em órgãos como ministérios e a Caixa Econômica Federal.

"Tem várias coisas em jogo aí. Ele foi atrás de ministérios, da Caixa Econômica. Está correndo atrás aí", afirmou.

Por volta de 11h desta quarta, Crivella postou em uma rede social que está reunido com o advogado-geral da União, representantes do Ministério da Saúde, o presidente da Caixa Econômica e com o presidente.

"Estamos trabalhando para solucionar o pagamento dos funcionários terceirizados da Saúde", diz o texto.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box