quarta, 26 de fevereiro de 2020


Sex, 14 de Fevereiro de 2020 11:12

Rodrigo Maia garante folga e plenário vazio às quintas há 4 anos, na Câmara


Presidente da Câmara liberou registro da presença a partir das 6h para deputados saírem cedo de Brasília

A Câmara viveu outra vez, nesta quinta (13), a mesma rotina desde a posse de Rodrigo Maia na presidência da Casa, em 2016: plenário vazio, mas fingindo estar lotado, para enganar trouxas, os brasileiros. Por ordem de Maia, às quintas, o registro de presença é aberto às 6h da manhã para permitir que assinem o ponto e viajem. O insulto pôde ser flagrado às 17h: o painel do plenário registrava 426 deputados, mas havia só um, Luiz Ovando (PSL-MS), que até discursou para ninguém. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Luiz Ovando (PSL-MS) discursa para o plenário vazio.

A liberação da assinatura do ponto às 6h da manhã de quinta foi um compromisso de Maia para conseguir se eleger presidente da Câmara.

Com a regra implantada por Rodrigo Maia, os deputados agora só trabalham ou têm obrigação de assinar o ponto às terças e quartas.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box