segunda, 19 de novembro de 2018


Qua, 02 de Janeiro de 2013 11:15

Agora é oficial: Itaipu fecha 2012 com um total de 98,287milhões de megawatts-hora


 

Na virada do dia 31 de dezembro para o dia primeiro de 2013 ( uma hora de Brasília e meia-noite no horário da usina), a binacional contabilizou um total de 98.287.128 de megawatts-hora (MWh) e estabeleceu uma nova marca. 



Antes mesmo de fechar o ano, Itaipu já havia batido seu próprio recorde mundial. Na tarde do dia 18, a empresa superou a barreira dos 94,6 milhões de MWh de 2008.

Nos trezes dias seguintes, a demanda continuou acima do previsto, ao contrário de anos anteriores, quando o consumo diminuía com o recesso nas indústrias. O consumo residencial e comercial ajudou nessa alta. "A meta agora é estabelecer para os próximos anos a produção dos 100 milhões de MWh”, diz Samek.


Foco


O foco é garantir que Itaipu esteja preparada para atender com segurança os sistemas elétricos do Brasil e do Paraguai mantendo as boas parcerias já existentes com o Operador Nacional do Sistema, a Eletrobras, a Ande (estatal paraguaia), Furnas e Copel.

Os investimentos dessas empresas em infraestrutura têm dado tranquilidade para que a produção da Binacional tenha condições de chegar ao mercado consumidor.


"Quero agradecer todos os empregados de Itaipu e as empresas parceiras pelo bom desempenho da nossa usina". Samek atribui a geração recorde, entre outros fatores, ao aumento do consumo em razão da economia aquecida dos dois países.


O superintendente de Operação, Celso Torino, concorda com o diretor-geral brasileiro de Itaipu: "Nossos esforços são focados no aprimoramento contínuo do preparo das equipes e da gestão da produção para que possamos ter condições seguras e efetivas de ter uma geração anual permanentemente entre os 95 milhões e 100 milhões de MWh".


Mercado

Atualmente, Itaipu supri quase 20% do consumo do Brasil e mais de 70% de energia elétrica consumida pelo país vizinho. Com o aumento da produção de mais de 3,5 milhões de MWh em cima do recorde anterior de 2008, marca também obtida pela Itaipu, a participação de Itaipu no mercado consumidor - que vinha diminuindo gradativamente  com os novos empreendimentos do setor -, voltou a subir. Itaipu, que já atendeu 25% do consumo nacional de energia elétrica e nos últimos anos caiu para 17%, voltou a atender 20% da demanda brasileira.




Twitter - Políticos

Michel Temer


Beto Richa


Rafael Greca


Álvaro Dias


Gleisi Hoffman


Roberto Requião

S5 Box