domingo, 23 de fevereiro de 2020


Ter, 08 de Janeiro de 2013 09:21

Secretaria de Assistência Social de Pinhais tem nova titular


Socióloga formada em 1988 pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) com especialização nas áreas de Metodologia Científica, Gestão Escolar em Orientação e Supervisão e Gestão em Socioeducação. Essa é a base do currículo da nova secretária de Assistência Social de Pinhais, Rosângela dos Santos. Moradora da cidade há cerca de 40 anos, ela é a nova aposta do prefeito Luizão Goulart para o seu segundo mandato à frente do executivo municipal. Animada, a profissional aponta os aspectos fundamentais que nortearão a sua postura à frente da pasta e toma para si o desafio de fazer a diferença na vida da população.

Ponderada, risonha e bastante inquieta, Rosângela conta que se sentiu muito honrada com o convite do prefeito, com o qual já havia atuado por duas vezes em colégios estaduais da região, e que é preciso muita responsabilidade para desenvolver um bom trabalho no setor social. "Penso sempre que agir com e em prol do povo é um desafio para lá de grande", admite. "Principalmente porque, nesse cenário, o que se tem nas mãos transcende a esfera da burocracia. Não lidamos com papéis, mas com vidas". Para tanto, ela defende o reforço da família como unidade de interação, pois acredita ser esse o alicerce fundamental para a efetiva prevenção contra os riscos sociais. "Um ambiente saudável e estruturado material e emocionalmente, ainda que sob configurações diferentes das tradicionais, estará sempre mais protegido dos problemas que rondam a nossa sociedade, como a violência e as drogas, por exemplo".

Sempre envolvida em iniciativas arrojadas e estimulantes, Rosângela vem de uma longa e bem-sucedida trajetória no serviço público paranaense. "Entrei na rede estadual de ensino em 1988, como professora", lembra. "Depois passei a trabalhar também com os infratores privados de liberdade dos Centros de Socioeducação (Cense) Curitiba e São Francisco, e com os adultos das unidades penais de Piraquara, em projetos especiais de escolarização", explica. Em Pinhais, sua contribuição foi verificada durante a fundação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e a implantação do Conselho Tutelar, ambos em 1998.

O lado de cá

Por conta da natureza de seu trabalho junto aos Censes, há tempos Rosângela mantinha um contato estreito com o serviço social do município de Pinhais. À frente da Secretaria de Assistência Social, "o outro lado", segundo ela, é imensurável a importância da oportunidade que se anuncia. "É interessante essa troca. Finalmente poderei compreender esse processo como um todo", comemora.

Equipe

Embora Rosângela preze pela continuidade do trabalho desenvolvido no setor de Assistência Social do município até agora, ela admite a possibilidade de haver pequenas mudanças na pasta. "Isso não quer dizer que essas alterações sejam no quadro de servidores, nada disso", tranquiliza. "Estou muito satisfeita com o grupo que encontrei aqui, muito preparado e institucionalizado. Devemos apenas pensar que, assim como em qualquer tipo de atividade, às vezes, algumas adaptações se fazem necessárias". Sobre o perfil de colaborador indispensável à equipe que pretende estabelecer a partir de agora, a secretária é enfática. "Não tem muito segredo. Acho que, para conseguirmos manter tudo de bom que já foi feito aqui é preciso que as pessoas se entreguem aos desafios e alimentem o carinho no trato com a população", completa.

Motivação

Alegre e bem-humorada, Rosângela destaca a motivação como um ingrediente fundamental no desenvolvimento de um grupo de trabalho e na conquista de resultados, assim como a integração da equipe e transdisciplinaridade. "Todos temos alguma coisa a mais para oferecer, basta estarmos abertos a isso", ressalta. "E, tendo em vista a nossa área de atuação, esse estímulo é ainda maior, já que a nossa dedicação será a medida da qualidade no atendimento à população", justifica.

Sucessão

Questionada sobre as vitórias já conquistadas pelo município no que se refere à assistência social, Rosângela não economiza elogios à sua antecessora. "A ex-secretária de Assistência Social e agora vereadora municipal, Márcia Ferreira, deu um passo muito importante no que se refere à proteção e prevenção de riscos sociais. Ela fez a diferença", admite. "Precisamos agora pensar na próxima etapa, na continuação da caminhada, tanto para manter o que já temos quanto para alcançar novos triunfos", conclui.

Vida pessoal

Natural de Astorga, cidade do noroeste paranaense, Rosângela chegou em Pinhais em 1972, junto dos pais e mais oito irmãos. Instalaram-se no então bairro Tarumã, hoje Estância Pinhais. Depois de casar-se, em 1990, a atual secretária de Assistência Social mudou para o bairro Emiliano Perneta, onde reside até hoje com o marido e o filho de 12 anos. Católica, frequenta missas e novenas e nutre uma devoção especial por Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Maria Bueno.

Secretaria Municipal de Assistência Social

A Secretaria Municipal de Assistência Social tem como competência realizar a Gestão da Política Pública de Assistência Social, promovendo um conjunto de ações sócio-assistenciais, capazes de atender as necessidades básicas da população, juntamente com a sociedade civil e organizações não governamentais, seguindo os princípios e diretrizes estabelecidas na Política Nacional de Assistência Social. Integram a pasta os departamentos de Proteção Social Básica, Proteção Social Especial, Administração e Logística e de Defensoria Pública, além da Coordenação Técnica.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box