quinta, 27 de fevereiro de 2020


Qua, 09 de Janeiro de 2013 09:55

Paraná deve ser o maior produtor de milho em 2013, diz IBGE


A perspectiva divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira (9) mostra que o Paraná deve ser o maior produtor de milho no Brasil em 2013. A estimativa é de que a primeira safra seja de sete milhões de toneladas. Este é o terceiro prognóstico realizado para a safra de verão.

A participação do Paraná vai corresponder, segundo o IBGE, a 19,5% da produção nacional. Minas Gerais, que será o segundo estado com a maior produção, terá a mesma participação no montante. Entretanto, a produção será 3.260 toneladas menor. Em todo o país, devem ser colhidas 35,7 milhões de toneladas do grão.

Ao se analisar os números, percebe-se que, mesmo com uma redução da área plantada de 12,6%, a produção de milho paranaense será 6,5% maior. De acordo com o IBGE, isso ocorre porque o rendimento médio esperado será 21,8% maior que a última safra, na qual houve grandes problemas climáticos.

Feijão
A perspectiva também abrange a produção de feijão. O estado deve ter um aumento de 0,5% na produção, que deve apresentar o rendimento médio de 21,0%. Este percentual é reflexo de recuperação frente à estiagem ocorrida em 2012.  A área plantada deve diminuir 16,9% devido à concorrência da soja, que possui um preço está mais atrativo.  Com relação a soja, a produção deve aumentar 38%.

Cereais, leguminosas e oleaginosas
Em 2012, o Paraná apareceu entre os maiores produtores de cereais, leguminosas e oleaginosas. De acordo com o IBGE, o Mato Grosso liderou como maior produtor de grãos, com uma participação de 25,0% no montante nacional. Em seguida esteve o Paraná, 19,1%, e Rio Grande do Sul, 11,8%. Juntos, os três estados representaram 55,9% do total nacional.




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box