quarta, 20 de novembro de 2019


Ter, 22 de Janeiro de 2013 10:00

Para variar... Envolvido em irregularidade, presidente do BNB pede demissão do conselho de empresas


O presidente do BNB (Banco do Nordeste), Ary Joel de Abreu Lanzarin, pediu demissão dos dois conselhos de empresas privadas dos quais participava irregularmente.

Em e-mail encaminhado ao Ministério da Fazenda, ele afirmou que vai devolver o dinheiro recebido irregularmente, cerca de R$ 67 mil, às empresas ou doar o montante a uma instituição filantrópica.

Segundo noticiou a Folha no sábado, desde que assumiu o comando do banco público em agosto de 2011, Lanzarin acumulou o cargo de presidente do BNB com funções no conselho fiscal de duas empresas: a rede de varejo Magazine Luiza e a administradora de cartões Alelo --parceria do Bradesco com o Banco do Brasil.

O estatuto do BNB proíbe essa participação e prevê demissão se a regra for descumprida.

A demissão ocorreu depois de Ary e o Ministério da Fazenda, órgão ao qual o BNB é vinculado, serem confrontados pela reportagem.

Ontem, o Banco do Brasil confirmou ter sido informado pela Alelo que o presidente do BNB enviou carta, "no dia 17 [após ter sido procurado pela Folha], renunciando ao cargo que ocupava no Conselho Fiscal daquela empresa".

O Magazine Luiza também informou que Lanzarin pediu o afastamento e que a Previ já indicou seu substituto. A vaga será ocupada pelo conselheiro suplente, Antonio Hélio Gozzi, que também foi indicado pela Previ. (Folha de São Paulo)

 

 




Twitter - Políticos

Jair Bolsonaro


Ratinho Junior


Rafael Greca


Álvaro Dias


Flavio Arns


Professor Oriovisto Guimarães

S5 Box