Política
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, solicitou ao ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que apenas o delegado Josélio Azevedo de Sousa tenha acesso ao inquérito aberto para investigar o presidente Michel Temer, o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). O que levou Janot a requerer um policial de sua confiança para investigar Temer é o risco de vazamento de informações e de eventual influência política no inquérito. Depois dessa o… Leia Mais
O Supremo Tribunal Federal liberou, nesta sexta-feira (19), o conteúdo das delações premiadas dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, e do diretor da J&F Ricardo Saud, na Operação Lava Jato. Nelas, os executivos citam pagamentos de propina para campanhas do PT, "compra" de apoio político pelo partido e atuação de membros da legenda em benefício da empresa. >>> Saiba abaixo, ponto a ponto, o que foi dito nas delações sobre membros do PT e leia, ao final… Leia Mais
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 380 telefones celulares durante uma abordagem na BR-369, em Cornélio Procópio, no norte do Paraná, no início da tarde deste sábado (20). A mercadoria foi avaliada em aproximadamente R$ 90 mil. O motorista, de 51 anos, foi preso em flagrante pelo crime de descaminho, que é a importação ilegal de produtos sem o pagamento de impostos, conforme informou a polícia. Segundo a PRF, o condutor fez o retorno ao avistar os agentes parando veículos… Leia Mais
Em pronunciamento na tarde deste sábado (20), o presidente da República, Michel Temer, disse que vai pedir ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que o inquérito aberto contra ele seja suspenso até que seja verificada a autenticidade da gravação feita pelo empresário Joesley Batista, dono da JBS, de uma conversa com o presidente. “Essa gravação clandestina foi manipulada e adulterada com objetivos nitidamente subterrâneos. Incluída no inquérito sem a devida averiguação, levou muitas pessoas ao engano, induzido e trouxe grave… Leia Mais
Em delação à Procuradoria Geral da República, o executivo do grupo JBS, Ricardo Saud, disse que a empresa repassou recursos de caixa 2 para cinco políticos paranaenses. De acordo com o empresário, R$ 5 milhões teriam sido repassados para a campanha ao governo da senadora Gleisi Hoffmann (PT) em 2014. E R$ 1 milhão para a campanha do governador Beto Richa (PSDB). De acordo com Saud, o deputado federal Eduardo Sciarra (PSD) teria recebido R$ 200 mil. As planilhas da… Leia Mais
Partidos aliados de primeira hora do presidente Michel Temer buscam uma saída negociada com o Planalto que seja uma continuidade do que, para eles, vem dando certo no atual governo. Diante da perspectiva de agravamento da crise deflagrada pelas delações da JBS, líderes de siglas como PSDB, PMDB e DEM pretendem bloquear qualquer iniciativa de realizar eleições diretas por meio de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e articulam um nome de consenso para uma eventual disputa indireta no… Leia Mais
O primeiro anexo da delação do empresário Joesley Batista, do Grupo JBS, descreve o fluxo de duas “contas-correntes” de propina no exterior, cujos beneficiários seriam os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff. O empresário informou à Procuradoria-Geral da República que o saldo das duas contas bateu em US$ 150 milhões em 2014. Ele disse que o ex-ministro Guido Mantega (Fazenda/Governos Lula e Dilma) operava as contas. O delator informou que em 2009 destinou uma conta a Lula… Leia Mais
O dono da JBS, Joesley Batista, disse que transferiu para contas no exterior US$ 70 milhões destinados ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e mais US$ 80 milhões em conta, também no exterior, em benefício da ex-presidente Dilma Rousseff (veja a partir de 29 minutos e 30 segundos do vídeo acima). Os montantes, afirmou, foram enviados por meio do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega e gastos "tudo em campanha" (veja a partir de 30 minutos segundos e 30 segundos… Leia Mais
m um depoimento de delação premiada, o diretor de relações institucionais da empresa J&F Holding, que controla o Grupo JBS, Ricardo Saud, disse à Procuradoria-Geral da República que entregou R$ 1 milhão em dinheiro vivo para o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, José Richa Filho, conhecido como Pepe Richa. O secretário é irmão do governador Beto Richa (PSDB). Segundo o delator, essa quantia foi usada para a campanha de reeleição do chefe do Executivo estadual, em 2014. "[Foi]… Leia Mais
A Polícia Federal (PF) cumpre uma operação na manhã desta sexta-feira (19) contra tráfico internacional de drogas em cidades do Paraná, São Paulo, Rio Grande do Sul e Pará. A ação foi batizada de Flashback. Foram expedidos 20 mandados de busca e apreensão, 18 de prisão preventiva e seis de prisão temporária. Até as 9h, 18 pessoas tinham sido presas. Destas, oito em Paranaguá, duas em São Paulo, duas no Rio Grande do Sul e cinco no Pará. Três dos detidos… Leia Mais
O deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que foi filmado recebendo uma mala de dinheiro da JBS, segundo o jornal "O Globo", chegou ao Brasil na manhã desta sexta-feira (19). Loures é apontado como intermediário do presidente Michel Temer para assuntos do grupo J&F com o governo. Loures estava em Nova York, nos Estados Unidos, acompanhando o evento Person of The Year (personalidade do ano), no qual o prefeito de São Paulo João Doria foi premiado. O deputado afastado desembarcou… Leia Mais
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>
JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

S5 Box